Beijo grego

Começo a observar entre os currículos e atribuições oferecidas pelas garotas de programa na internet algo que elas chamam de beijo grego.

Amanda Tem 19 anos, um metro e setenta, bela bunda, seios grandes e durinhos (não é siliconada). Universitária, pouco tempo em Curitiba, bom nível cultural. Realiza todas as suas fantasias. Faz oral, anal e espanhola.

E, em negrito, mais abaixo:

Dá beijo grego.

Antes que se esclareça o que é o tal beijo grego, há que se fazer uma sucinta análise do anúncio, para revelar ao leitor quanta coisa se esconde por trás de um texto tão comum e trivial.

Não que isso vá ajudar na elucidação do que seria este ósculo de nacionalidade tão exótica, mas sempre é uma forma de se passar o tempo. Diga-se de passagem que a nacionalidade grega é exótica para nós apenas. Para os gregos, nada mais trivial e comum que ser grego.

Idade
Bem. A maior parte das garotas de programa da internet têm 19 anos. Algumas delas, desde que eu tenho um computador e privacidade para observar, como um voyer, essas meninas que por uns trocados entregam seu corpo a algum corpulento, suarento e fedorento pai de família, estão nessa idade. E, olha, faz algumas dezenas de meses e elas ainda não fizeram aniversário.

Ou seja, para uma garota de programa é vantajoso ter 19 anos de idade. Afinal é quase 18 e não se corre o risco de se cometer algum delito.

- Mas, delegado, ela garantiu que tinha 18.

- Eu, não! Eu disse que iria fazer 18 na semana que vem!

Estatura
Um metro e setenta é a altura ideal para uma garota de programa, pelo visto. A maioria delas, não todas, está nesta faixa. Em termos de idade, sim, mas em termos de altura, no entanto, não é possível ludibriar ou manipular as sutis facetas da verdade.

Portanto, vamos chamar isso de uma feliz coincidência. Com um metro e oitenta elas seriam muito altas e, visto que o brasileiro médio dificilmente chega a essa altura, não serviriam para elegantemente acompanhar um banqueiro em um jantar de negócios. Pois ser mais baixo que a acompanhante é algo que não se admite nos meios empresariais.

Porém, com essa estatura, seriam ótimas para que, na cama o sujeito pudesse se sentir completamente abarcado por tronco, braços e pernas que não acabam mais. Um metro e cinqüenta pode ser muito pouco, mas é recomendável para aqueles que, ainda que muito fracos, queiram sentir a sensação de poder que é, em pé, quero dizer, com o corpo todo em posição vertical, sustentar uma garota e vigorosamente, com ajuda da força dos braços e com ela a enlaçá-lo com as pernas, empalá-la para cima e para baixo no membro viril até que se desmaie de exaustão antes mesmo de se gozar.

Profissionais com menos de um metro e cinqüenta são muito raras segundo minhas pesquisas, o que me leva a concluir que abaixo dessa estatura as mulheres são principalmente para serem amadas e não servem como putas. Pelo menos não profissionalmente. Mas aí entramos no campo das amadoras, ao qual não nos propusemos neste momento.

Atributos físicos esculturais
A bunda, dizem é a preferência nacional. Coisa que tem mudado com o advento do silicone e com a forte influência dos filmes americanos, tanto os infantis como os pornográficos. Mas de fato, o item bunda consta como importante nos currículos dessas profissionais e não há portfólio fotográfico completo em que elas não apareçam, de alguma forma, a exibir tais atributos.

O ser humano, de fato, sobretudo aquele mais voltado para os aspectos estéticos da vida, é atraído pelas formas redondas e aerodinâmicas. Malditos anos oitentas, quando os carros eram tão quadrados e lembravam tão pouco as bundas.

Silicone
O mais comum hoje é o silicone nos peitos. Pode-se dizer sem erro que até as freiras se utilizam desse subterfúgio para aumentar os seios, fato que não se revela porque eles ficam enclausurados sob dezenas de bandagens e sutiãs a fim de aplacar a ânsia da carne.

Uma mulher com seios grandes, rijos, a desafiar as leis de Newton, e que nunca passou pelo bisturi dos discípulos de Pitanguy é uma raridade hoje em dia. Portanto, é essa a razão pela qual as profissionais chamam a atenção para esse fato quando é possível. Querem pegar o cliente pelo diferente.

Confesso que nunca sequer dividi a cama, sequer para dormir, com uma mulher com silicone nos seios, apesar diversas delas fazerem pouco das leis da Física Universal. Mas gostaria de avisar que não tenho preconceitos quanto a adendos artificiais, sejam eles tatuagens, piercings ou, mais radical, silicone. Ao contrário, até gosto.

Universitária, pouco tempo em Curitiba, bom nível cultural
O fato de ela ser universitária não chega a ser uma garantia de que ela não falará “prástico” ou “poblema”. Mas pelo menos é certo que vai saber chamar o táxi na hora de ir embora ou processar você em caso de agressão.

Estar em Curitiba há pouco tempo é vantagem, não tanto daquele fetiche antigo da francesa nova no bordel, mas principalmente por não ter adquirido ainda os falsos pudores de grande parte das garotas locais que dificulta em muito a obtenção dos doces prazeres que se seguem.

Todas as suas fantasias
Em geral, os pais de família que procuram essas facilidades não têm muitas fantasias. Elas se limitam a resfolegar durante alguns pouquíssimos minutos sobre uma bela mulher e desmaiar sob o peso e o fastio de um sexo muito mal feito. Isso torna esse item muito fácil de ser cumprido pela profissional em questão. Mas sempre surge aquele cara que quer ser chicoteado, enquanto ela canta a Marselhesa e faz um número de sapateado irlandês levemente untada com mel. De outra forma, ele não goza.

Oral, anal, espanhola
Houve época em que sexo oral e sexo anal eram tão de outro mundo que chegava a constar nas capas dos filmes em locadoras se havia ou não tais práticas ao longo da fita. Não lembro se elas chegavam a mudar de preço por conta disso. Hoje, se esses itens já não vierem de fábrica, a produção está fadada ao fracasso e a ficar encalhada nas prateleiras. É tão absurdo, na verdade, quanto falar de um filme de corrida sem carros. Nem se aventa a possibilidade.

Espanhola é quando a mulher envolve o pinto ereto do sujeito com seus seios e o conduz gentilmente, dessa forma, ao orgasmo. Naturalmente, a profissional que ora analisamos está em vantagem pois acaba de afirmar que tem grandes e firmes seios não siliconados. Detalhe, sem anal é R$ 70. Com anal, R$ 100.

E, finalmente, o beijo grego
Antes de descobrir, afinal o que era o tal do beijo grego, pensei em substantivos que comumente levassem esse adjetivo de nacionalidade. A primeira coisa que me ocorreu foi muito pouco erótica, o que me fez desistir imediatamente das tentativas analógicas.

Aqui perto de onde eu trabalho, um açougue vende, há décadas, o que chamam de churrasquinho grego. Consiste de uma pilha de bifes de qualidade duvidosa transpassada por um espeto vertical que gira enquanto aquilo tudo assa lentamente.

O cidadão que quer saborear tal iguaria, observa o atendente tirar lascas daquele cilindro de carne e colocá-las dentro de um pão com diversos temperos, certamente na intenção de disfarçar o sabor, digamos, exótico. Ao longo do dia, o cilindro fica mais estreito, a medida em que os glutões se saciam.

De fato, pouco erótico. A melhor solução foi ligar para a tal Amanda.

- Mas, afinal, o que é o beijo grego?

- É quando eu dou beijinhos no cuzinho do cliente…

Ok. Prefiro continuar a chamar de beijo no cu mesmo. Afinal, isso nunca foi uma exclusividade mediterrânea.

37 Comments

  1. Eu por minha parte, acreditando-me totalmente ultrapassado, apenas conhecia o fogo grego. Isso lá pelos anos de 1453, quando Constantinopla foi tomada pelos Otomanos apesar de se utilizar desse artifício. Fogo grego é um fluido viscoso e inflamável mesmo em contato com a água.Os grego punham fogo e derramavam no povo que queria entrar em sua cidade. Essa defesa foi ótima, até que alguém trocou o fogo pelo beijo. Desde então a coisa foi por água abaixo.

    Resposta: Acordamos bem-humorados pelo que vejo, meu caro :-)

    Abraços!

  2. vc acabou com uma dúvida minha sobre isso, pq já tinha ouvido falar mas não tinha noção do que era! um nome todo cheio de coisas p/ uma coisa tão simples! impressionante!
    cracatoa não é só sexo, é também cultura, hehehe!
    bejus!

    Resposta: Sim… afinal, sexo é uma coisa que faz parte da cultura, não é verdade?

    Beijos!

  3. Eu poderia morrer sem ficar sabendo dessa história de “beijo grego”!

    Resposta: Hehehe. Por outro lado, fico feliz que continue vivo mesmo depois de saber…

    Abraços, meu caro!

  4. Eu estou na faculdade, fazendo uma reportagem sobre beijo e procuro no Google por tal palavra até parar aqui. Adorei o atalho, seu texto é muito bom!
    Eu jamais imaginaria o que é o beijo grego. Bom, talvez seja porque eu nao pratico {praticu}.
    Beijos (não-grego)

    Resposta: Nesse caso, espero que tenha sido útil, Paula. Convido você a conhecer meu outro site (www.alessandromartins.com) e o conteúdo antigo do Cracatoa (www.cracatoa.com.br/2005). Será uma honra fazer parte da bibliografia de seu trabalho. ;-)

    Beijos (não-gregos).
    Do Ale.

  5. Muito bom o site, mas precisa de mais ilustrações…isso é uma critica construtiva, espero que me ouça…

    Resposta: Pode deixar, Rafael! Vou conversar com a diretoria para ver o que eles acham! Abraços!

  6. E se no ranking dos que tem a vida mais agitada sexualmente estão os gregos, fico pensando se não é o tal do beijo que faz diferença… Hahaha!

    Boa! Não sabia!

    =)) beijos [não-gregos]

  7. Ola…. Bom acabei ficando sabendo desse famoso ( beijo grego ) atravez de um aluno que estava fazendo curso comigo……. ele comentou e eu não sabia… então ele disse p eu entrar na net… acabei p aqui e tive minha resposta…… agora sera que vc pode me dizer se o ´ beijo grego’ serve p mulheres tambem ?????

    Beijinhos…

    Su

  8. Hahahahaha… Adorei o texto. Osculum Infame total. Enfim, teve uma vez que eu (juro) que li algo como “anal trapezista”. Sério. Também já li coisas mais conhecidas como erm… “oral americano”. Mas eu não ligo pra descobrir o que é não. Tenho até medo..

  9. Hahahahaha, estou rindo até agora sem parar … :D
    O texto tá ótimo, muito bom mesmo, todas as considerações a respeito dos atributos nada confiáveis :P … eu morrendo de curiosidade prá saber o que era o tal beijo … hehehehe

    xêro!

  10. E se é para deixar um beijo, por que não deixar um grego ? um beijo grego para vocês todas.

  11. Com moderação ou não. Um beijo grego.

  12. O_O beijo grego!
    Nada de mais né…. olha o que um nome faz com as coisas!! ahahahhaha
    Muito phoda!! XD
    O texto ta de parabéns!!

  13. o que é um beijo grego?
    para saber mais: http://beijogrego.blogspot.com/

  14. estou fazendo uma pesquisa sobre o BEIJO para escola onde estudo….beijo de tds as maneiras e em diferentes culturas…literalmente TUDO SOBRE O BEIJO….
    e vim parar aki!!!
    preferia nunca ter lido sobre o tal beijo grego….merreria sem saber!!
    RSRSRS
    phodastiko isso…
    mas o seu texto ta bem completo….prabns!!

  15. Olha como são as coisas, eu estava lendo um jornal, fiquei para ver na sessão “relax” os mesmos anúncios de sempre, ou seja, são com a mesma estrutura de dados, tal como você descreveu no seu bem humorado e inteligente texto. Mas cheguei aqui justamente porque vi o termo “beijo grego”, o que me levou a ter essa surpresa agradável, ao ler o seu artigo. Muito legal! O tal beijo “grego” teria origem grega? Agora, cá prá nós: Tem que estar animado para dar um beijo desse, hein? Vá lá……. Parabéns, Alessandro!

  16. beijo grego é isso?
    achei que fosse algo mais interessante!!!
    mais porque grego?que maldade heim…

  17. EU ESTOU FAZENDO UMA PESQUISA SOBRE A GRECIA E SEUS COSTUME E PODE APOSTAR QUE NAO FALAREI SOBRE BEIJO GREGO .AFINAL QUASE TODAS AS ESCOLAS DO MEU MUNICIPIO VAI VER O QUE EU PESQUISEI.MAS TAI EU GOSTEI E ACHO QUE NAO QUERO DAR UM BEIJO GREGO AFINAL AJA ESTOMAGO E DESEJO PARA ENCARAR TAL BEIJO
    BJS MAS NAS BOXEXAS
    FUUUI

  18. Alessandro Martins

    novembro 15, 2008 at 2:23 pm

    Hahahha, Adriana. Beijo na bochecha pra você também. Cumprimentos do Ale.

  19. JOSE DUARTE DA SILVA

    agosto 31, 2009 at 9:15 pm

    NA MINHA EX NAMORADA EU ADORVA FAZER, MAS NÃO SABIA QUE TINHA ESSE NOME!!!!

  20. Olá, esse é o meu primeiro conto. Já sou leitora a um tempinho e gostaria de compartilhar algumas experiências deliciosas que eu tenho com meu namorado… Sou loira cabelos longos, lisos… Sou alta, cavalona quadril e bumbuns fartos, seios pequenos e durinhos… Namoro com ele há 2 anos e meio. E até hoje temos um tesão incontrolável um com o outro… mas de algum tempo prá cá venho sentido um tesão diferente, que vou relatar pra vocês: Era um sábado e eu estava ansiosa e cheia de tesão em vê-lo…. Não foi diferente ele vei aé a minha casa pra me buscar para sairmos… Coloquei um lindo vestidinho preto, que realmente mostrava as minha sinuosa silueta, por baixo Nada, somente um frufru vermelho em minha perna direita, já estava há horas pensando nas putarias que iria falar com ele… Estavamos jantando, em um restaurante de muito bom gosto até que eu deixei ” sem querer” a mostra o frufru vermelho.. E ele reparou, e me perguntou de que se tratava… E eu respondi, que era a minha langerie nova, e ele disse: Lindo !! Agora fico imaginando a linda calcinha que você deve estar usando… me levantei disse em seu ouvido bem baixinho : Ih.. Amor eu acho que eu me esqueci de colocar a calcinha… Pronto meu veneno estava lançado, e ele já não conseguia se concentrar no jantar, ele pediu a conta e saímos as pressas, sua calça já mostrava o volume de sua deliciosa pica, dura desejando a minha buceta… Entramos, no primeiro motel que encontramos… Eu já estava com as mãos em seu cacete duro e delicioso… Estava louca para engolir ele todinho, e envolve-lo com a minha lingua macia e aveludada..Ele tirou toda a minha roupa, e fez eu subir as escadas toda nua só para ver a marquinha de biquine em meu lindo rabinho … Chegamos no quarto ele ligou o som, pediu um drink e começou a me beijar, chupava meu delicados seios com um bezerro desmamado. Acariciava meu corpo, e visualizava meus pelos dourados do sol contra a luz… Ele pegou a cereja do drink com um palito e passou por todo meu corpo me deixando com ainda mais desejo… até que ele enfiou a cerejinha em minha bucetinha toda molhada, escorrendo de desejo…Deois tirou com a lingua Ai que delícia… Até que minha hora chegou coloquei ele deitado na cama, de bruços comecei a beijar sua nuca, suas orelhas, suas costas sua cintura… Ah.. que tesão aquele bumbum delicioso dele comecei a beijar, morder apertar e senti que ele estava gostando.. Então resolvi lamber o saco dele só que por trás… Ele estava se deliciando, ai comecei a passar a língua entre o saco e o ânus, ele se retorcia todo, foi ai que eu ataquei, sabe o beijo grego???, então comecei a passar a língua no rabinho dele, e ele se arrebitava todo, e eu apertava seu bumbum, fui lambendo, lambendo, até enfiar a língua toda no seu ânus, ele estava louco de tesão, seu corpo pedia mais, mas sua expressão era de vergonha, então para não deixar o gato grilado, pedi que ele me chupasse.. Virei ele de frente coloquei a minha buceta literalmente pingando na cara dele e dizia: Isso lambuza a cara de buceta… Ele começou me chupar, bebia todo o melzinho da minha deliciosa buceta..E eu colocava o cacete de todinho na boca, eu gosto dele bem na garganta… Ai fiquei punhetando a pica dele com o saco na boca, desci mais um pouco e comecei a rodear a lingua no cuzinho dele só em volta, ele se contorcia.Continuei punhetando só que com o dedinho em volta do cuzinho dele, ele estava adorando mas não queria demonstrar muito… Comecei a engolir a pica dele toda do jeito que eu gosto e coloquei a pontinha do meu dedinho no cuzinho dele, comecei a fazer pequenos círculos naquele cuzinho apertado, nossa eu estava tão melada, nossa nunca tinha ficado assim… Aumentava a velocidade da chupada e ia enfiando o dedinho, senti que ele estava sentindo dor ia mais devagar mas isso me deixava mais louca ainda… Enfiei a metade do meu dedinho, nossa!! O caralho dele cada vez ficava mais duro, e eu já começava a sentir o gosto de porra na minha boca… Ai fiquei só chupetando a cabeça do pau dele e enfiando dedinho no cú dele, Ele já não estava mais controlando, seu cu ja contraía em meu dedo involuntariamente… Ai eu maldosamente parei, Sai de cima dele fiquei de quatro na cama, e pedi que ele me comesse.. Nossa ele estava louco, com o cacete muito grande e duro… Eu já estava quase gozando, ele me comeu com uma força tão grande que parecia que ia me quebrar no meio… Começou a dedar meu grelinho e quando dei por mim eu já não conseguia mais segurar… Meu corpo já amolecia, minha buceta contraia e eu já estava a ponto de gozar… Eu pedia me dá leitinho, enche a minha buceta de porra…. Gozei loucamente, apertava o pau dele com minha buceta, e gemia muito .e ele ficava ainda mais louco.. Ele me disse: quer que goze quer?Eu falei só sefor na minha boquinha deitei ele na cama e comecei a engolir aquele caralho todo… Ai ele gozou, nossa encheu minha boquinha de leite, quentinho e eu me deliciava, engoli a porra todinha… Deitei em seu peito másculo e fiquei escutando seu coração acelerado e sua respiração ofegante… Enquanto ainda me deliciava com a minha buceta pulsando, parecia ainda eu estava gozando… eu acariciava a minha buceta e olhava pra ele com cara de pidona, pedindo mais… Delíciaaa

  21. quanta enrolaçaõ para esplicar uma coisa sinples

  22. que poca vergonha vc ñ tem carater de mulher vc´pra mim é uma perva que ñ tem vergonha na cara por ser uma mulher deveria ter mas pose parece até aquelas atriz porno que poca vergonha ¬¬’

  23. Não entendi a indignação da senhora(mal comida?) acima. Se o homem tem liberdade para falar e mostrar que gosta de sexo, a mulher também tem todo o direito.
    Essas que se fazem de moralistas, são as mais pervas entre quatro paredes!
    Você não precisa se ater apenas ao papai e mamãe, com a luz apagada. Liberte-se das amarras e do pudor hipócrita!
    Não seja bitolada, minha criança! Viva e deixe viver!

  24. ja sabia da existencia dessa forma de caricia,mas confesso q nunca pratiquei.sendo assim nunca e tarde pra começar.entao um beijo grego pra todos vcs

  25. Grato por seu texto altamente elucidativo. Porém sobra-me uma ínfima questão: a praticante (neste caso a beijadora) passa baton ou vaselina nos lábios antes do ato?

    Grato pela atenção

    Abraços (não por trás)

  26. Adorei seu texto, muito bom mesmo!!
    Um nome tão cheio de pompa pra algo simples, mas meio constrangedor pra muita gente…
    Vale salientar que tal beijo é um grande divisor de aguas, existe o antes e depois do “beijo grego”. Assim como no conto q postaram acima, tal beijo logo desperta para outra iguaria de nome sugestivo, o “Fio-Terra”, e daí pra uma “Inversão de papeis” eh um pulinho.
    Bjos (não- gregos) a todos!

  27. muito engraçado o texto cara, parabéns.

  28. Muito bom o texto, genial!!
    Eu adoro beijo grego, tanto de dar quanto de receber, mas existem homens (a maioria) que acham isso uma boiolice, detesto esse machismo… os homens deveriam eliminar esse preconceito e permitir… eu me delicio… adoro beijar!! Hmmmmm

    Bjos…

  29. Gostaria de mandar um 10 pelo texto muito elucidativo, outro 10 para a Andreza Safadinha que sabe como transar gostoso e escrever bem, pena não ter deixado o e-mail para contato, e um grande 0 (zero) para a mal amada que criticou a Andreza, e deve ser uma destas que só nos fazem perder tempo por não saber como se realizar, bem como ao homem por suas frustrações e inibições de falar e fazer sexo.

  30. Rapaz eu só vim saber o que são beijo grego e circuito há 13 dias.

  31. Com moderação ou não. Um beijo grego.

  32. gente, isso é mais antigo que mitologia grega, kkkkk, ei gente sem hipocrisia,não é um beijo grego, ou até um fio terra, que tira a masculinidade de homem,pode perguntar a qualquer especialista,afinal entre quatro paredes vale ou não vale tudo? Parabéns ao Alessandro pelo texto,bem como por outros dele que tbm já li como o de sexo oral, e pela Andreza,pelo texto e pela desenvoltura na cama, beijos gregos a todos.

  33. adorei o geito que vc finalizou seu texto obgetivo direto e popular !!!!!!!!!!!!

  34. Eh tb beijo no orgao sexual… Alem de beijo no anus

  35. Bom, vim parar aqui, por curiosidade, pois estou procurando duas palavras que ja ouvi falar, mas nunca parei para pensar o que seria na real, essas palavras são CHUVA NEGRA (que ainda vou pesquisar), e BEIJO GREGO (que acabei encontrando aqui), adoro inovar no sexo com meu marido, mas na verdade, esse beijo grego esta descartado do meu menu sexual, bjus parabens pelo texto, adorei…
    … Deixa eu ir, que tenho outra palavra para pesquisar..rsrs…
    Anotei o seu site, vou entrar la…
    Bjão a todos…..ahh NÃO GREGOS…kkkk

  36. Nossa, voltei pq acabei de saber o que é CHUVA NEGRA, outra coisa que discarto do meu menu, afs, sei que tem gente que tem coragem, mas eu particularmente NÃO, pra quem não sabe, CHUVA NEGRA, é fazer numero 2 (mais conhecido como cocô arg, isso mesmo) em cima do parceiro, eu ja divia imaginar, pois sabia que CHUVA DOURADA, é fazer xixi…
    Bjão a todos

Por favor, seu comentário é MUITO importante.

© 2014 Alessandro Martins

Theme by Anders NorenUp ↑