Cachorro vira-lata: um ser especial

Das criaturas, entre o céu e a terra, foi dado a uma tornar-se especial. É o cachorro vira-lata. É o rei dos bichos de nome composto, com seu verbo, seu hífen e seu substantivo.

Vira-lata é o nome científico dessa raça de cães que vive entre os homens com a liberdade que os bípedes almejam tanto e não têm, embora possuam um par de membros desocupados para fazer o que quiserem.

Um vira-lata sempre parece saber para onde vai, com seu passo decidido. E, se parado, aparenta a solidez de quem está no devido lugar, na hora certa. Os humanos, por mais que saibam para onde ir, sempre têm esse ar um tanto patético dos perdidos no mundo. Parados, mal sabem onde pôr as mãos. Por isso, inventaram os bolsos.

E eles, junto com os bolsos, criaram uma designação engraçada para o vira-lata: srd ou sem-raça-definida. Os homens precisam definir tudo. Porque os cães de raça, cada homem escolhe de acordo com o apartamento ou casa – que tem – ou personalidade – que acha que tem.

E, assim, os cães de raça, com suas designações pomposas e pedigrees, podem ser escolhidos por seus donos, criteriosamente. O vira-lata, por sua vez, prefere e sabe fazer escolhas ele mesmo. Sem árvore genealógica, atravessa a rua sozinho e consegue comida com sua humilde auto-suficiência.

Há, sem dúvida, mais nobreza em um vira-lata que em um galgo de corrida. As agruras da sarna, dos atropelamentos e das pedradas dão fibra à sua alma.

Repare naqueles que nunca tiveram um vira-lata. Parece que lhes falta algo. O sorriso, talvez, tenha menos de rabo abanando em seus componentes e mais de tédio e fleuma, ou coisa assim. O vira-lata ensina a ser feliz com pouco. Mesmo quem não tem nada pode ter um cão, desde que ele deixe. O bêbado e o louco conversam com um vira-lata de igual para igual. Ao menos esses conseguem se alçar à altura do cão. E este lhes lambe as mãos.

Veja a procissão de cães atrás de uma única cadela. Dinastias inteiras de vira-latas foram fecundadas e fundadas em madrugadas quando até o amor, esse item em extinção, era dividido.

Vira-latas há aos montes por aí. E não tem um que seja igual ao outro. Parecidos, às vezes. Em sua miscelânea genética, ele é antes de tudo um forte. Nunca precisou de vacina pra sobreviver.

Quando perguntam por aí: se você fosse um bicho qual seria?, todos respondem coisas como águia, leão ou tigre. Eu demorei pra descobrir, mas hoje eu respondo de boca-cheia.

Se eu fosse um bicho, eu seria um vira-lata. Desses amarelos.

35 Comments

  1. Alessandro, tenho motivos particulares para acreditar que o vira-lata é uma evolução do ser humano.

    Recomendo um livro excelente sobre cães: “Da dificuldade de ser cão” de Roger Grenier, onde ele apresenta várias histórias sobre famosos autores como Camus, Sartre, Voltaire, Kafka e seus amigos cães.

    Este trecho, por exemplo, citação de Maeterlink sobre o privilégio de ser cão é fantástico: “Ele é o único ser vivo que encontrou e reconhece um deus incontestável, tangível, irrecusável e definitivo. Ele sabe a quem dedicar o melhor de si, sabe a quem se dar acima de si mesmo. Ele não precisa buscar uma força perfeita, superior e infinita nas trevas, as mentiras sucessivas, as hipóteses e os sonhos”.

    Lindo post, parabéns!

  2. Surpreendo-me sempre com os vira-latas, e geralmente, revolto-me com o tratamento que lhes são oferecidos, desprovido de qualquer sentimento de afeição e cuidado. Aqui em casa, temos a Betina, que morou na rua por muito tempo mas adotamos tamanha especialidade do ser. E que capacidade de sobrevivência conquistada à duras penas! Eu adoro vira-latas! Eu queria um sítio para colocar um monte deles lá, todos soltos, bem cuidados, felizes…

    =) Amo cães!

  3. eu amo minha vira lata só que não estou podendo ficar com ela pois moro em apartamento. Eu sei que não se deve confinar vira latas em apartamentos, mas gostaria de saber de algum especialista canino se vira latas conseguem ficar em apartamentos por muito tempo, ou seria uma covardia com eles?
    Por favor algéum responda ou mande-me e-mail, estou tão preocupada com a bichinha…

  4. Eu nunca poderia imaginar que um vira lata iria mudar a minha vida mas aconteceu depois de varios anos em depressao vai e vem resolvi trazer o preto pra casa desde então acabou minha depre pois não tenho tempo de nada pois virei sua criada, lavo, limpo, tiro pelos , levo para passear , veterinário , cobasi para compras de comidas e roupas enfim to tao feliz com o preto mesmo ele mastigan do 5 celulares , carregadores, sandalias e sapatos ja perdi a conta, e alem de tudo assumiu minha cama pois tem dias que nao consigo me esticar por causa dele mas tudo bem to feliz assim mesmo o preto deixou a minha vida mais colorida bjs

  5. Alessandro Martins

    janeiro 5, 2009 at 9:00 am

    Darci,

    obrigado por compartilhar sua experiência com seu bichinho…

    Abraços!

  6. Adorei o post sobre o vira-lata. Adotei um cachorrinho que achei no aeroporto de Guarulhos, pulando e abanando o rabinho para todos, feliz da vida. Hoje ele mora comigo no meu mini-apartamento, e é muito mais educado que muitos seres humanos. Não faz bagunça nem nunca destruiu nada que tenho e todos os dias alegra a minha vida com seu sorriso, seus pulinhos e seu olhar de eterno agradecimento. Os vira-latas são mesmo os melhores cães :)

  7. Alessandro Martins

    janeiro 10, 2009 at 4:25 pm

    Virginia,

    também tenho dois vira-latas. Infelizmente, desde que me mudei, eles tiveram que ficar na casa de meus pais. Não poderia mantê-los em um apartamento. Eles precisam de espaço. Não chegam a ser tão educados, mas são muito amorosos e, como direi, festivos. Quase me derrubam quando apareço por lá.

    Beijos do Alessandro.

  8. eu adotei um vira latinha ele se chama toby é uma gracinha ! ele tem 2 meses ainda esta chorando muito. eu estou acordandando de noite pra ajudar o meu filho a cuidar dele a onde moro não tem muito espaço, essa é a minha preocupação com o toby. eu nãosei nada de vira latinha ainda estamos pesquizando ainda sobre a sua raça. eu acho que no mundo em que estamos é muito bom a agente deixar as crianças adotar um animalzinho assim,eles aprendem a dar carinho passar carinho porque o mundo esta presizando de mais amor .tanto animal como pessoas prescisão de amor. eu mesma nunca tinha me entereçado por um animalzinho quando era criança e omeu filho reverteu essa historia estou adorando passar carinho pro toby .ate então eu achava cachorro fedidoainda mais dentro de casa que preconceito, é só um cachorrinho que presciza da gente…..

  9. Só hoje li seu post. Tenho certeza que duas espécies alcançarão o céu, gente como você e os vira-latas. Bjs

  10. olá, tenho uma vira – lata chamada marylin, como a monroe. cheia de graça e estabanada. ela é toda pintada e nós a amamos muito. desde que ela apareceu na minha vida já não tenho mais depressão e motivos pra ser infeliz. é uma pena que muitas pessoas achem que só tem valor um cão de raça pura.

  11. Ah os vira-latas são seres especiais mesmo…tenho 2 Nina e Paco, antes tive o Kiko que ficou comigo por 15 anos..enfim, a Nina veio para amenizar meu sofrimento com a partida do Kiko, e o Paco…esse é um herói, foi abandonado pelo seu dono porque estava com cinomose, peguei ele quase morto na rua e no dia seguinte após ter dado banho e comida pra ele, senti que ele me agradeceu muito, só pude sentar no chão e deixar ele demonstrar toda sua gratidão pra mim, e chorar de emoção.
    Continua comigo claro, com alguns tiques, mas só acrescentou + charme a sua personalidade…AMO esses dois são minha alegria.

  12. Amei o texto, combina direitinho a maravilhosa Phoebe SRD que nos adotou, ela é linda, independente, chei de vida e muito muito inteligente!!!
    Me emocionei ao ler esse texto!!
    Lindo mesmo, obrigada!!!!

  13. carlos alberto carrelo

    outubro 16, 2009 at 9:52 am

    Simplesmente divinal. Era bom que os chamados “humanos” fossem mais humildes e aprendessem alguma
    coisa com os cães. Não basta dizer gosto é preciso amar.
    Muito obrigado pelo texto.
    Um abraço de Portugal.

  14. achei meu cachorrinho Spike no meio da estrada com uns tres meses.Eu o amo d+, mesmo ele tendo sumido.Uma arvore caiu perto de onde ele dormia e ele fugiu, nunca mais o vi.Jah faz uns 2 anos e ainda sinto falta dele.Os vira-latas sao os melhores, estao ali do seu lado sempre, sentem quando vc esta triste, e retribuem todo o amor q damos a eles!Acho uma pena eles serem descriminado por nao terem RAÇA.Um ABSURDO. Por isso adotem um vira lata vai fazer muito bem a vcs!!!

  15. adorei esse sait e eu tenho um cachorro vira-lata ele sempre me deixa feliz quando estou triste ele e o unico amigo que eu confio neste mundo para ele eu conto todos os meus segredos e ele ate parece que intende e uma coisa incrivel,bom de todos os cachorros que eu tive os vira-latas sao os que mais sobreviveram muito legal esse sait muito obrigado por saber que existem pessoas que valorizam os vira-latas bjsssssssssssss…….

  16. tenho 12 anos tenho um cachorro amarelo vira lata o nome dele e pratiado amo muito ele cachorros vira latas sao muto boms melhores que eses de rasa ai.

  17. Edmilson Cacalcante Lauria

    fevereiro 18, 2010 at 4:27 pm

    Estou muito feliz. Agora sei que muita gente ama os Vira lata. Eu tenho uma cadelinha chamada Bambina. Está com 2 anos de idade. Ela é o grande amor da minha vida. Ela me adotou com seu jeito meigo e fiel. Educadissima. Nunca estragou nada no meu kitinete. Ela pensa que é minha mamãe. Antes de Bambina tive outros cães. Mas ela supriu todas a minhas perdas pessoais. E concluo a cada dia que:”Quanto mais vou conhecendo pessoas mais eu gosto de minha Bambina”. Ela deve entender que é muito amada por mim. Desejo muita felicidade para todos que amam os Vira Lata. Adote um(a) e comprovem. Abraços.

  18. Orlando de Castro Alves - 07.03.2010

    março 7, 2010 at 8:10 pm

    Adotei um srd em Itaipava (RJ) há cerca de 04 anos. O nome dele é FULEIRO. Um verdadeiro vencedor pois apesar de servir de sparring para lutas de caes – perdeu um pedaço de uma orelha e uma presa grande – é de uma meiguice, amizade, fidelidade, carinho e amor dificeis de encontrar em qualquer cao de raça. É meu amigo inseparável, viaja comigo para todos os lugares e tenho certeza absoluta que somente Deus nos separará o que espero demore bastante. Encorajo a todos a adotarem um vira lata pois creio que dificilmente outra raça poderá oferecer mais do que um srd. Abraços

  19. Vanessa Ribeiro Rosa

    março 19, 2010 at 4:00 pm

    Apareceu em minnha vida uma vira latinha q adotei e dei o nome de pipoca, ela é linda e adorável, é a minha alegria, quando eu chego em casa ela está em pé na porta balançando o rabinho de felicidades, eu a amo muito, mesmo ela destruindo coisas em casa, mordendo meus sapatos, sujando toda a parede enchendo de pelos o sofá, nada disso faz com que meu amor e minha gratidão seja menor, gratidão sim, pois ela torna os meus dias muito melhores…

  20. JONATHAN FREITAS

    maio 5, 2010 at 8:39 am

    TENHO VARIOS CACHORROS; DE VARIAS RAÇAS, PUG ,MALTES,YORK E LHASA . AMO TODOS, MAS APARECEU NA MINHA VIDA DUAS VIRA -LATAS , A BELA E A BRUNA GORDA. ME SUPREENDI COM ELAS , SÃO MARAVILHOSAS DOCEIS E ESPERTA. POR ISSO NÃO CONSIGO VIVER SEM VIRA-LATAS.

  21. Minha vira lata, faz parte da minha vida ela andava abandonada no condominio correndo atras de crianças para obter carinho, quando tive o primeiro contato com ela me apaixonei, se chama Doce e esta conosco a 2 anos linda , amamos ela .

  22. José Laércio

    maio 20, 2010 at 9:48 am

    amo vira-latas tenho duas a Ladykate e a Penelope charmosa são muito inteligentes e não precisam de adestramento aprendem tudo com muita facilidade Não comprem cães Adotem vira-latas e façam um bem tanto nas suas vidas como na vida deles. Vocês não irão se arrepender, sou muito feliz com minhas duas vira-latas!

  23. eu…amo os vira latas, alias chamo eles de multi raças,,maravilhoso….tenho um que se chama bruce….lindo…paixão da minha vida e dos meus filhos,,,
    todo ser humano que tem um multi-raça é feliz..é completo.,,sabe dar amos as pessoas….

  24. ola alguem tem um filhote de vira lata pra doar ai

  25. Eu amo todos os tipos de caes em especial os vira latas. tenho um que adotei ainda bebe e esta com 4 anos, seu nome e Xicao e tem alma de gato. E muito independente e so vem quando ele quer e nao quando eu o chamo,mas mesmo assim eu o amo demais, ele e meu filho de pelo e meu anjo de 4 patas. Ele adora ser coberto quando vai dormir e tambem adora ficar de barriga pra cima, emfim uma figura.

  26. Eu amo vira latas..estou triste pq perdi meu Bolinha…faleceu da doença do carrapato..mas assim que me recuperar da dor vou adotar mais um vira latas..vira latas é tudo de bom..amo demais!!

  27. Que bom que reencontrei esse texto agora que tenho feicebúqui!

    E tinha certeza que já havia comentado, já que meu vira-lata é amarelo e minha identificação com eles é imensa também.

  28. Eu tb adotei um…vivia pela rua, tod sujinho….dei-lhe o nome de ZECA – já tem ate´Feceboock (ZECA SANTOS)….ele é o meu xodó, e olha que só fazem 2 meses que ele está comigo….mas é uma figuraça!!!!!!!!!!!!!

  29. Simplesmente lindo !!!!!!!!!

  30. Alessandro,
    Quero dizer que li muito sobre vira-latas e condensei o que entendi dos textos. Não coloquei trechos lidos de propósito no meu blogue. Possivelmente ocorreu algum plágio involuntário pelo qual peço desculpas. Não era minha intensão “copiar” qualquer coisa que você tenha escrito, mas, convenhamos, se acabei escrevendo quase a mesma coisa que você é porque teu texto tem qualidade e me impressionou favoravelmente, de modo que, inconsciente, acabei “colando” algum trecho sem lhe dar o devido crédito. Depois que você ler esta explicação vou retirar o post de me blogue. Abraços e desculpe, JAIR.

  31. Alessandro Martins

    julho 27, 2011 at 10:47 am

    Oi, Jair,

    caso queira, pode manter o texto no blog, desde que o cite textualmente – sem alterações – e dando o crédito.

    Fico muito agradecido.

    Abraços do Alessandro.

  32. eu amo meus cachorros aqui em casa eu tenho varios e ja ate salvei um da rua

  33. odeio caxoro eles enxem o nosso saco ne naw

Por favor, seu comentário é MUITO importante.

© 2014 Alessandro Martins

Theme by Anders NorenUp ↑