Uma amiga ontem comentou que gostaria de saber como é a vida sem ter deadlines a cumprir, o que é curioso já que a vida, por definição, tem um deadline irrevogável e definitivo e que, a plena consciência desse, nos faz escolher melhor os deadlines intermediários que abraçamos.