Há a história, até onde sei fictícia, do cara que xingava o nazismo e só estava naquela porque curtia queimar gente em fornos.