Pode-se diferenciar o vício da virtude pela quantidade de esforço envolvida na satisfação provocada por um ou pelo outro.