Continuamos a lida sem saber juntar as tristezas de um modo a criar alegrias compartilhadas. Embora elas pareçam incompatíveis, as tristezas, elas têm suficientemente em comum em nossa humanidade, mas nos mantemos a olhar apenas para nossos próprios umbigos.